NOTÍCIAS

O que é um algoritmo?

O que é um algoritmo?
18 de dezembro de 2018 • 11h20 • atualizada 18 de dezembro de 2018

Um algoritmo nada mais é que a descrição de um passo a passo para a realização de uma tarefa, como o modo de preparo de uma receita simples de bolo. Veja:

1 - Bata as claras em neve

2 - Misture as gemas com o açúcar e a margarina

3 - Acrescente leite e farinha de trigo aos poucos

4 - Adicione o fermento e as claras em neve

5 - Despeja a massa em uma forma

6 - Coloque no forno a 180°C por cerca de 50 min

Em outros exemplos no dia a dia, o próprio ato de ir para a escola pode ser um algoritmo, como:

1 - Sair de casa

2 - Entrar no ônibus

3 - Sair do ônibus

4 - Entrar na escola

Algoritmo na computação

Quando se trata de computadores, a definição de algoritmo é quase a mesma, como uma série de passos para que um programa realize uma ação. Para que isso ocorra corretamente, há algumas regras básicas. A primeira é que a ação precisa ter início e fim. Além disso, todos os passos e comandos devem estar descritos de maneira clara e objetiva para não dar abertura a ambiguidade. O computador não “pensa” sobre a ação. Ele somente segue os passos.

O fluxograma é uma representação bem prática para entendermos o conceito de algoritmo na computação. Para tal, vamos utilizar o exemplo de uma simples ação para abrir um link no navegador web. A entrada é a posição inicial do mouse na página, que constrói o contexto para que os comandos sejam dados. A variável diz respeito à opção do usuário de clicar ou não no hyperlink. A saída é a ação final, ou seja, a abertura ou não da nova página. Veja:

Os símbolos utilizados na figura acima respondem a um padrão, o que facilita bastante a representação dos algoritmos dessa maneira.

Lógica de programação

Entender a lógica dos algoritmos é fundamental para quem começa a programar, já que a construção de programas para computadores se baseia totalmente na definição do passo a passo para ações. Enquanto a lista da receita de bolo dá uma visão narrativa às ações, o fluxograma representa isso de maneira mais visual, pois as linguagens de programação são responsáveis por transmitir a sequência de afazeres com um “idioma” que o computador entende.

Portanto, ao passo que você aprende as linguagens mais básicas de escritas de códigos, é possível continuar estudando para avançar para as mais complicadas. Isso porque a lógica dos algoritmos sempre estará ali presente; o que muda é o formato com que os comandos são descritos, trazendo as particularidades de cada linguagem.

Usos dos algoritmos

Além de ações simples, como fazer um bolo ou abrir uma página no navegador, os algoritmos são muito utilizados no mercado da tecnologia. Atualmente possuímos máquinas que alimentam outras com informações e dados, conceito próximo do machine learning. Com isso, são construídos algoritmos capazes de reter informações e transformá-las em algo entendido pelos computadores para daí formar outro algoritmo. Veja alguns exemplos disso:

Algoritmos do Facebook

Diariamente, o Facebook reúne inúmeras informações dos usuários, coletando dados sobre a quantidade de mensagens trocadas, os conteúdos mais visualizados, likes, posts ocultados e todas as outras funções contidas nessa rede social. Tudo isso alimenta um banco de dados.

Essas informações comportamentais (likes, comentários, etc.) são transformadas em comandos para outros algoritmos. Utilizando uma série de variáveis, essa máquina consegue criar sistemas capazes de modificar o que o usuário vê no site de acordo com as suas preferências. O objetivo é utilizar os dados de preferências para dar à pessoa exatamente o que ela gosta, a fim de convencê-la a passar mais tempo na página e dar mais informações que serão novamente coletadas fazendo a máquina do Facebook girar.

Algoritmo do Google

As máquinas do Google são responsáveis por varrer a internet para indexar - armazenar as informações no banco de dados da Google - os bilhões de páginas encontradas na rede. Essas páginas, por sua vez, fornecem ao buscador uma série de dados, como textos, imagens e vídeos.

Seguindo mais de 200 critérios, o Google é capaz de categorizar essas páginas através de um sistema bem conhecido da empresa: o PageRank. Utilizando-se de algoritmos definidos por inteligência artificial, as máquinas ranqueiam os conteúdos de acordo com a relevância, mostrando-os na ordem do mais para o menos relevante nas páginas com os resultados da sua busca.

Aprenda mais sobre outros termos tão falados na tecnologia, como:

O que é big data?

As tecnologias por trás dos assistentes pessoais

Inovações que vêm por aí: a Internet das Coisas

Venha para a SOS!

Você também é fanático por tecnologia? Que tal transformar essa paixão em carreira? A SOS possui os cursos certos para quem busca por qualificação para ser diferenciado no mercado de trabalho.

COMENTÁRIOS
Seja o primeiro a deixar um comentário
O que é um algoritmo?
ESCOLAS
Busque a escola pertinho de você
©S.O.S. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP   |   (17) 3214-8699
Move Edu
Move Edu