BLOG

Conheça melhor a profissão de desenvolvedor de aplicativos

Conheça melhor a profissão de desenvolvedor de aplicativos
05 de outubro de 2018 • 16h06 • atualizada 05 de outubro de 2018

Os smartphones e tablets estão presentes na realidade de muitas pessoas, que fazem tudo nos pequenos aparelhos, desde falar com os amigos até transações bancárias. E para propiciar tudo isso, existe um intenso mercado de desenvolvimento mobile, uma área que pode ser o caminho para muitos estudantes que ainda estão no processo de decidir sua profissão futura.

As funções do profissional

É mais indicado utilizar o termo “desenvolvedor mobile” para designar a profissão, pois além de aplicativos, o profissional pode criar outros softwares e sistemas para os mais diversos dispositivos móveis. O trabalho de um funcionário dessa área envolve algumas funções, como:

Estudos do mercado

Há uma série de motivações para a criação de um aplicativo, que podem ir desde a iniciativa do próprio desenvolvedor até o financiamento promovido por um grande banco internacional, por exemplo. Logo, parte do trabalho é definir o planejamento do software, mapeando os objetivos e identificando o hábito de uso do público-alvo escolhido.

Desenvolvimento

Corresponde à parte técnica da escrita dos códigos e da criação do aplicativo estruturalmente. É aqui que os programadores farão todo o trabalho de planejar as ações que o software realizará, reparar os bugs e promover testes para a melhora do funcionamento do produto.

Atualizações

Mesmo depois de lançado, o aplicativo pode requerer uma equipe encarregada de promover atualizações. O time será responsável por reparar os erros, melhorar a usabilidade e adicionar ou retirar funções, por exemplo. Geralmente, esse modelo de suporte é utilizado para apps de serviços, como internet banking.

Formação necessária

Para se tornar um profissional na área, seja no setor de suporte, seja na parte do desenvolvimento, o candidato deve possuir alguns conhecimentos em sua formação, como:

Conhecer o sistema operacional

É necessário conhecer as estruturas e os protocolos dos sistemas operacionais para os quais irá desenvolver os aplicativos. Estude um pouco sobre o funcionamento das bibliotecas e dos ecossistemas do produto, para assim conseguir pensar em soluções mais efetivas. Além disso, esteja sempre atento às versões lançadas pelas marcas, que a cada nova atualização trazem uma série de mudanças.

Saber programar

Atualmente, o foco maior do mercado está no desenvolvimento para Android e iOS. Para o primeiro, a linguagem mais importante a ser aprendida é Java, um tipo de programação orientada a objetos. Já para o produto da Apple, é preciso saber programar em Objective-C e Swift, a última criada pela própria empresa de tecnologia.

Com o avanço dos equipamentos, a tendência é que no futuro novos dispositivos móveis com diferentes sistemas operacionais sejam lançados no mercado. Por isso, o desenvolvedor deve estar sempre atrás de se especializar na área de programação para estar de acordo com as especificações pedidas para o trabalho.

Design e interface

O trabalho do desenvolvedor também envolve pensar na usabilidade do consumidor final, utilizando-se  do design e dos conceitos de interface do usuário. Da mesma forma que o aplicativo precisa ser leve e funcionar bem, deve oferecer um visual agradável às pessoas.

No mercado, encontra-se uma pluralidade de marcas e modelos de celulares, com telas de tamanhos e resoluções bem diferentes. O profissional deve levar tudo isso em conta e realizar testes que satisfaçam diversos tipos de smartphones.

Inglês

Durante os estudos na área, o profissional vai se deparar com muito material teórico em inglês. A língua inglesa também é o padrão para os termos técnicos utilizados no dia a dia. Além disso, o desenvolvedor fluente no idioma consegue expandir seu público ao criar um produto aplicável para diversos países.

Veja mais algumas habilidades necessárias para um desenvolvedor mobile.

O mercado de trabalho

Segundo uma pesquisa do IBGE com dados coletados em 2016, cerca de 116 milhões de brasileiros têm acesso à internet. Desse número, mais de 90% conta com os smartphones como uma das formas de navegar na rede. Só com esse dado, se mostra que os dispositivos móveis estão presentes na vida das pessoas, apresentando uma grande oportunidade de mercado.

Tecnologias como a internet das coisas pedirão uma produção cada vez maior de dispositivos conectados à rede e entre si, como geladeiras, relógios e até sua sanduicheira! Com isso, os desenvolvedores precisam se especializar e aprender sobre as novas plataformas.

Além disso, a utilização dos aplicativos de celular como produtos do marketing e da publicidade criou um mercado em que as grandes empresas investem em grupos de desenvolvimento mobile para oferecer um serviço bônus ao usuário.

Portanto, pode-se ver que o mercado de trabalho da área de desenvolvimento de aplicativos caminha para uma perspectiva de futuro com boas oportunidades. O estudante que deseja seguir a carreira precisa investir em uma formação completa na área de tecnologia. E para isso você pode conhecer alguns dos cursos da SOS:

Curso de desenvolvimento de aplicativos

Curso domine seu tablet

Venha para a SOS!

Você também é fanático por tecnologia? Que tal transformar essa paixão em carreira? A SOS possui os cursos certos para quem busca por qualificação para ser diferenciado no mercado de trabalho.

COMENTÁRIOS
Seja o primeiro a deixar um comentário
Conheça melhor a profissão de desenvolvedor de aplicativos
ESCOLAS
Busque a escola pertinho de você
©S.O.S. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP
Move Edu
Move Edu