BLOG

5 ferramentas para fazer um protótipo de aplicativo

5 ferramentas para fazer um protótipo de aplicativo
11 de junho de 2019 • 16h47 • atualizada 11 de junho de 2019

Você já ouviu falar sobre as plataformas de prototipagem? Seja você um designer experiente, seja um profissional que está dando os primeiros passos no UX Design, esse tema é muito significativo; afinal, a escolha de uma ferramenta adequada ao seu projeto é fundamental e pode fazer toda a diferença no processo de desenvolvimento. Pensando nisso, nós trouxemos cinco das principais ferramentas que você pode utilizar para prototipar o seu novo app! Anota aí.

Adobe XD

(Foto: Divulgação/Adobe)

Com a versão final lançada em 2017, o Adobe XD é a plataforma da suíte Adobe dedicada à prototipagem e à criação de interfaces. O software traz ferramentas fáceis e intuitivas, e na aba Design, por exemplo, o usuário encontra ferramentas padrão, como caixas de texto e vetor. Para transformar os wireframes em telas interativas, basta arrastar os fios entre as pranchetas. Na aba Prototype, é possível visualizar o resultado e também compartilhá-lo.

O software permite redimensionar elementos para diferentes telas com facilidade, traz variedade de animações automáticas e a possibilidade de prototipar interações com voz. O Adobe XD é uma boa opção se você está buscando uma plataforma conhecida e voltada para prototipagem de alta fidelidade.

Figma

(Foto: Divulgação/Figma)

O Figma traz uma plataforma interativa e permite que um time de profissionais trabalhe ao mesmo tempo em um único projeto. Para isso, basta criar uma conta e utilizar a plataforma on-line no browser da sua preferência. Um diferencial interessante é que o programa também salva todos os arquivos e demais recursos dentro do próprio projeto - e não há necessidade de recorrer às nuvens.

Entre as ferramentas do Figma, há recursos comuns aos demais softwares da área. Logo, é fácil construir elementos de forma rápida e consistente, podendo-se redimensioná-los ou alterá-los sem dificuldade. O recurso para a definição de estilos também é interessante, e auxilia a padronizar cores, tipos e grids em todos os projetos. Ainda é possível conectar telas e botões, e criar interações sem dificuldades.

InVision

(Foto: EX Collective)

A plataforma InVision também está entre os ambientes de desenvolvimento de protótipos que roda na web, ou seja, ela funciona no navegador da sua preferência. Dessa forma, o software também permite a criação colaborativa de protótipos e garante maior facilidade para compartilhá-los com colegas de trabalho ou clientes. A possibilidade de rascunhar facilmente os conceitos fundamentais para o desenvolvimento de novos projetos é o diferencial principal.

A plataforma é voltada para projetos que envolvem prototipagem de baixa fidelidade. O InVision não é indicado para apps com muitas telas ou quando o designer deseja testar microinterações em seu projeto, mas é uma ótima opção para testar ideias! Apesar de sua limitação para os traços iniciais, aceita arquivos em formato padrão, como PNG, JPEG e GIF, além de PSD e AI.

UXPin

(Foto: Divulgação/UXPin)

Apesar de ser menos conhecido, o UXPin reúne funcionalidades interessantes. Com ele, é possível fazer prototipagem rápida de projetos de alta ou baixa fidelidade. A plataforma traz propostas de interatividade mais bem resolvidas, e permite que o designer não só crie a ilusão de interações vinculadas ao que é desenho, mas também abuse da utilização de estados interativos.

Ainda, pode-se optar pelo uso de snippets de código, o que torna possível criar elementos funcionais e interativos sem grande dificuldade para quem tem conhecimentos de programação. O UXPin também adiciona a lógica ao seu funcionamento, e como resultado é possível manipular as entradas dos usuários.

Marvel App

(Foto: Divulgação/UXPin)

Muito simples, o Marvel App é uma boa escolha para quem está dando os primeiros passos com prototipagens, mas também pode ser usado por designers veteranos no ramo. A ferramenta traz simplicidade e permite a criação de protótipos de baixa e alta fidelidade com recursos intuitivos. Como resultado, é possível criar wireframes com grande rapidez.  

A plataforma não requer qualquer tipo de conhecimento relacionado à programação. O Marvel App tem uma função que o integra com o software Sketch e, recentemente, a plataforma desenvolveu uma nova funcionalidade capaz de transformar sketches feitos em papel em uma versão mobile para testes.

E você, de qual plataforma mais gostou? Conhecer um pouquinho de todas as ferramentas disponíveis no mercado garante que você escolherá o software mais adequado ao seu projeto e o executará com maior facilidade, segurança e rapidez! Por isso, não deixe de pesquisar mais e conhecer as plataformas que chamaram a sua atenção.

Se você curte design, aproveite a visita ao nosso blog e confira também:

UI e UX Design: qual é a diferença?

7 livros que todo designer gráfico deve ler

Venha para a SOS!

Você também é fanático por tecnologia? Que tal transformar essa paixão em carreira? A SOS possui os cursos certos para quem busca por qualificação para ser diferenciado no mercado de trabalho.

COMENTÁRIOS
Seja o primeiro a deixar um comentário
5 ferramentas para fazer um protótipo de aplicativo
ESCOLAS
Busque a escola pertinho de você
©S.O.S. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP
Move Edu
Move Edu