BLOG

É muito difícil desenvolver um aplicativo? O que é necessário?

É muito difícil desenvolver um aplicativo? O que é necessário?
28 de março de 2019 • 15h36 • atualizada 28 de março de 2019

Para responder às perguntas do título, é preciso entender que o desenvolvimento de um aplicativo pode apresentar diferentes níveis de dificuldade, o que vai depender do contexto de produção do app, como:

Estudantes

O aluno de um curso de desenvolvimento de aplicativos pode - sob a orientação dos professores ou por conta própria - produzir um app como um exercício para a aplicação dos conhecimentos obtidos em sala de aula. Nada impede que o estudante desenvolva um produto de sucesso; porém, geralmente o trabalho é mais simples e emprega técnicas e ferramentas menos complexas para a produção.

Desenvolvedores independentes

Profissionais com um conhecimento mais aprofundado em programação ou com experiência na área podem unir equipes ou trabalhar sozinhos para a criação de um aplicativo. O projeto geralmente surge de uma ideia de seus proponentes e não conta com grandes recursos financeiros.

Empresas de desenvolvimento

O aplicativo pode partir da demanda de uma grande companhia, como a necessidade da criação de um software de internet banking para um banco internacional. Nesses casos, é comum que a marca monte uma estrutura própria ou contrate uma empresa especializada. Geralmente são produções que contam com um alto investimento financeiro e dispõem de equipes maiores para o trabalho.

Habilidades necessárias

O desenvolvedor de aplicativos precisa ter conhecimento específicos em computação, comunicação e tecnologia, como:

Programação

É preciso conseguir trabalhar com as principais linguagens de programação mobile do mercado, como o Java para Android, o Swift para iOS e a plataforma HTML5, que vem sendo muito utilizada para a criação de aplicativos nos últimos tempos.

Design

Além de funcionar em termos estruturais, o app também precisa ser agradável para o usuário. Nesse sentido, o design tem um papel muito importante. Pensar no visual de cada página do aplicativo pode ser bem difícil para quem não tem conhecimento algum na área. Por isso, é fundamental realizar cursos de web design, principalmente para dispositivos móveis.

Comunicação

O aplicativo pode ser produzido para solucionar problemas de um certo público-alvo. Logo, é fundamental que a equipe de desenvolvedores tenha o máximo de informações possível sobre esse target, pedindo intensas pesquisas do setor de marketing. Além disso, em todo o processo, é preciso levar em conta se o produto atende às necessidades das pessoas a que ele se destina.

Inglês

Falar inglês é essencial para qualquer desenvolvedor, visto que a língua inglesa ajuda o profissional a estudar e a realizar o trabalho - as bases da programação são em inglês! Ser fluente no idioma também expande consideravelmente as oportunidades de emprego.

Processo de produção do aplicativo

No geral, a produção de um aplicativo segue uma ordem. O que pode mudar são os níveis de complexidade e o número de pessoas envolvidas. Porém, pode-se pensar na seguinte estrutura:

Ideia

O aplicativo parte de alguma ideia inicial, que pode ser a solução para um problema. Pense na Uber: anteriormente as pessoas tinham uma certa dificuldade para chamar um táxi - precisavam ligar ou até se deslocar até o ponto. Com o app, pedir um transporte é muito mais rápido e fácil. Em equipes maiores, a ideia precisa passar por um processo de validação, principalmente do departamento comercial e financeiro.

Elaboração do projeto

Após a aprovação da ideia, é preciso transformá-la em um projeto. É aqui que os responsáveis definem pontos importantes como a montagem da equipe, o orçamento e o passo a passo até o lançamento. Por mais que a produção seja independente ou para estudos, é fundamental elaborar um planejamento. É ele que irá guiar todas as ações para que o app saia do papel!

Divisão da equipe

Em projetos de grande orçamento, é comum que o trabalho seja dividido. Criam-se departamentos de programação, design e marketing, por exemplo. Já nas produções independentes, as pessoas podem desempenhar mais de uma função. Ainda assim, é necessário estruturar o planejamento para que o desenvolvedor não se confunda em meio às tarefas que precisa realizar.

Escrita do código

Os desenvolvedores escrevem toda a estrutura de linhas de códigos necessárias para o funcionamento do aplicativo. É nessa parte que o profissional emprega todos os seus conhecimentos em linguagens de programação.

Design da interface

O design não é um processo posterior à programação, e ambos podem ser feitos em paralelo. O profissional será responsável por elaborar um visual agradável e funcional para todas as páginas que irão compor o app.

Testes

Durante a produção, é preciso realizar diversos testes para confirmar se o aplicativo funciona em diferentes sistemas operacionais, telas e aparelhos. Nesse processo é possível encontrar erros e repará-los para o lançamento.

Lançamento

Após checar todos os problemas possíveis com os testes, é o momento de disponibilizar o app para uso - algo que pode ser grátis ou pago. As principais plataformas de download são a Play Store e a App Store.

Manutenção e atualizações

Os aplicativos podem apresentar problemas após o lançamento e pedir atualizações. No caso de produções maiores e com grandes orçamentos, é comum que se formem equipes responsáveis por resolver os bugs e lançar novas versões para os usuários.

Conheça o curso de Desenvolvimento de Aplicativos da SOS:

Curso de Desenvolvimento de Aplicativos

Venha para a SOS!


Você também é fanático por tecnologia? Que tal transformar essa paixão em carreira? A SOS possui os cursos certos para quem busca por qualificação para ser diferenciado no mercado de trabalho.

COMENTÁRIOS
Seja o primeiro a deixar um comentário
É muito difícil desenvolver um aplicativo? O que é necessário?
ESCOLAS
Busque a escola pertinho de você
©S.O.S. Todos os direitos reservados.
Avenida Bady Bassit, 4960 São José do Rio Preto - SP
Move Edu
Move Edu